Introíbo ad altáre Dei. Ad Deum qui laetíficat juventútem meam. Vou-me aproximar do altar de Deus. Do Deus que é: A alegria da minha juventude!

domingo, 1 de janeiro de 2012

Oração para o primeiro dia do ano


Para implorar as luzes e graças do divino Espírito Santo
no novo ano que sua liberalidade nos concede:




Veni Creator

Vinde, Espírito Criador, visitai as almas daqueles que são vossos; enchei com a vossa celestial graça os corações que criastes.
Vós sois o divino Consolador, o dom inefável do Altíssimo, a fonte viva, o fogo, a caridade, a unção espiritual das almas.
Vós espalhais os vossos sete dons; sois o dedo de Deus, o objeto real da promessa do Pai; e colocais as suas palavras nos nossos lábios.
Acendei a vossa luz nas nossas almas; insuflai o vosso amor nos nossos corações e amparai sempre com a vossa força a nossa carne desfalecida.
Afastai para longe de nós o inimigo; apressai-vos em dar-nos a paz, e que, sob a vossa conduta, evitemos tudo o que seja prejudicial.
Fazei que por vós conheçamos o Pai, assim como o Filho, e vós, que procedeis do Pai e do Filho, sede sempre objeto da nossa crença.
Glória a Deus: ao Pai, e seu Filho, que ressuscitou dos mortos, assim como ao Paráclito, em todos os séculos dos séculos. Assim seja.

V. Enviai o vosso Espírito, e tudo será criado.
R. E renovareis a face da terra.


Em latim:

Veni, Creátor Spíritus,
Mentes tuórum vísita,
Imple supérna grátia,
Quae tu creásti péctora.

Qui díceris Paráclitus,
Altíssimi donum Dei,
Fons vivus, ignis, cáritas,
Et spiritális únctio.

Tu septifórmis múnere,
Dígitus patérnae déxterae,
Tu rite promíssum Patris,
Sermóne ditans gúttura.

Accénde lúmen sénsibus:
Infúnde amórem córdibus:
Infírma nostri córporis
Virtúte firmans pérpeti.

Hostem repéllas lóngius,
Pacémque dones prótinus:
Ductóre sic te praévio
Vitémus omne nóxium.

Per te sciámus da Patrem,
Noscámus atque Fílium,
Teqe e utriúsque Spíritum
Credámus omni témpore.

Deo Patri sit glória,
Et Fílio, qui a mórtuis
Surréxit, ac Paráclito,
In saeculórum saécula.
Amen.

V. Emítte Spíritum tuum, et creabúntur.
R. Et renovábis fáciem terrae.


Para ouvir “Veni Creator” veja o vídeo abaixo:



Oferta do novo ano a Deus

Ó Deus eterno e onipotente, com a vossa graça damos princípio a este novo ano! Que será de nós no seu decurso? Passá-lo-emos santamente? Chegaremos até seu fim? Só Vós o sabeis, Senhor. A nós só cumpre entregá-lo totalmente em vossas mãos, confiando unicamente na vossa misericórdia. Começamo-lo oferecendo-vos as mais devotas e fervorosas homenagens do nosso coração, como as primícias deste novo ano.
Nós vos adoramos, vos louvamos e vos bendizemos, ó fonte de todo bem. Desejamos que sejais adorado, louvado e engrandecido por todas as criaturas. Consagramo-vos o nosso corpo, a nossa alma, todos os nossos sentidos, todas as nossas faculdades e potências, e toda a nossa vida. Nós vos oferecemos todos os nossos pensamentos, afetos, palavras e obras. Oh, quem nos dera passar este ano em perfeito holocausto à vossa divina glória! Tais são nossos desejos. Mas, Senhor, vós bem sabeis quão fracos e mesquinhos somos.
Dignai-vos, pois, derramar sobre nós a torrente de vossas graças, para que, com elas fortificados, superemos os obstáculos, vençamos as dificuldades e só vivamos para a vossa honra e glória, e para a santificação de nossas almas. Virgem Santíssima, São José, anjo da nossa guarda, todos os santos e santas da corte do céu, intercedei por nós no decurso deste novo ano. Assim seja.


Fórmula da renovação das promessas do batismo
(para o dia 1º de Janeiro)

Creio em vós, meu Deus, Pai onipotente, Criador do céu e da terra.
Creio em Jesus Cristo, vosso Filho unigênito, verdadeiro Deus e verdadeiro homem, que morreu na cruz para me salvar, que no terceiro dia ressuscitou, subiu ao céu onde está sentado à direita de vós, Deus Pai, donde há de vir e julgar os vivos e os mortos.
Creio no Espírito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne e na vida eterna.
Renuncio ao demônio e, com a vossa graça, ó meu Deus, repelirei as suas tentações.
Renuncio às obras do demônio, aos pecados por pensamentos, palavras e obras.
Renuncio às pompas, aos espetáculos e divertimentos mundanos, ilícitos e perigosos.
Prometo, ó meu Deus, com o vosso auxílio, guardar os vossos santos mandamentos, amar-vos de todo o coração sobre todas as coisas, por amor de vós.
E como conheço a minha fraqueza, peço-vos clementíssimo Senhor, que me ajudeis a cumprir esta minha promessa, e me concedais o dom da perseverança final, no gozo de vossa graça.
Maria Santíssima, minha querida Mãe, anjo da minha guarda, santos meus protetores, intercedei por mim, a fim de que, até à morte, eu constantemente persevere na graça de Deus. Amém.



- - - - - - - - - - - -
Fonte: Manual da Paróquia, compilado por Monsenhor Leovigildo Franca. Petrópolis: Editora Vozes, 1950.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Salve Maria!
Muito obrigada pela disponibilidade em escrever-me seu comentário! Ele proporciona um feedback sobre as postagens e isso pode ser maravilhoso!
No entanto, peço que não escreva comentários ofensivos ou de duplo sentido e intenção. Eles podem não ser publicados! Penso que, ao visitar o blog, entenda o fim para o qual foi criado e deseje crescer na piedade e devoção.

"Não saia de nossa boca nenhuma palavra inconveniente, mas, boa para edificação, que comunique graça aos que a ouvirem" (Efésios 4,29).

"As palavras amáveis são favo de mel: doce ao paladar e força para os ossos" (Provérbios 16,24).

Contemplemos Jesus na escola de Maria!