Introíbo ad altáre Dei. Ad Deum qui laetíficat juventútem meam. Vou-me aproximar do altar de Deus. Do Deus que é: A alegria da minha juventude!

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Em todo lar: um altar! - Como fazer uma lamparina?


Preparando esta postagem recordei-me da parábola das dez virgens.
Para quem tiver o interesse em lê-la e meditá-la durante esta tarefa de preparar a lamparina, este texto se encontra em: Mateus 25, 1-13.
Que a Virgem Santíssima, a Virgem das virgens, conduza a cada um de nós!

Mãos a obra!


Neste primeiro momento iremos confeccionar a rolha da lamparina.
Os materiais necessários são mais rudes: tesoura; faca; martelo; um prego; um pequeno alicate; uma rolha; barbante (de qualquer cor); 4 alfinetes (daqueles simples, geralmente utilizados para costura ou decoração) e um pedaço de papel alumínio.


O primeiro passo é cortar a rolha com a faca.
A rolha deve ser cortada retinha e com a espessura de mais ou menos 1 cm.


Depois, com o martelo e o prego, faça um furo no centro da rolha, como na imagem acima.


Você pode aproveitar a rolha que veio na garrafa de algum vinho que você tenha comprado e consumido em casa com a família, em alguma data especial.
A rolha que eu utilizei já veio com esta tampinha de metal. Caso a rolha que você vai usar não tenha esta tampinha, enrole-a com papel alumínio. Só aconselho enrolá-la depois de fazer este furo, para o papel não rasgar.
Esta tampinha de metal ou o papel alumínio são importantes para que a rolha não queime quando você for acender a lamparina.


Agora, corte um pedaço de barbante de mais ou menos 30 cm.


Preste bastante atenção!
Desenrole todo o pedaço do barbante cortado anteriormente.


Segurando bem firme para não desenrolar, una as duas pontas do barbante e dobre-o ao meio.


E, então, segure o barbante dobrado levemente para que as duas partes possam enrolar-se naturalmente e formar um barbante só, mais espesso.


Enfie este pedaço de barbante que preparamos no buraco feito na rolha.


Com a tesoura, corte as pontas do barbante para que elas fiquem mais acertadas.


Veja a sequência acima:
Pegue os 4 alfinetes e, com o alicate, curve as pontas, de modo que eles fiquem parecendo a letra L.


Enfie as pontas dos alfinetes na parte inferior da rolha, conforme ilustrado.


A rolha já está pronta!
Reserve-a e vamos para o segundo momento: a preparação do copo (ou suporte) da lamparina.


Você vai precisar de: um copo, um pouco de água e óleo (aquele utilizado na cozinha).


Encha 1/3 do copo com água.


Complete com óleo de cozinha, até o copo ficar cheio.


Dica para a lamparina acender mais facilmente:
1. Certifique-se de que a ponta do barbante que está na parte superior da rolha não está muito curta;
2. Encharque esta ponta no óleo;
3. Puxe o barbante pela ponta de baixo, pela extremidade inferior, a que não foi embebida no óleo, de maneira que o pedaço de barbante que ficar dentro da rolha esteja encharcado.
4. O barbante não deve ser puxado de todo, pois deve sobrar a ponta no lado superior da rolha para que a lamparina seja acesa.


Agora, coloque a rolha no copo.
A extremidade do barbante, que até então estava seca, ficará imersa, mergulhada, no óleo.


A lamparina está pronta!


É possível encontrar o copo (ou suporte) e a rolha com refil para serem comprados.
Você também pode usar taças. Tem umas bem bonitas possíveis de adaptar. Mas isso só vale se a lamparina for utilizada no seu altar doméstico!
Eu não aconselho nem concordo com esse tipo de improviso quando o assunto é paramento litúrgico!
Mais uma observação: esta rolha que encontramos a venda, como você pode ver na ilustração, não vem com os alfinetes. Você terá que colocá-los em casa. Eles são importantes para que a rolha fique centralizada no copo.


Agora, é só colocar no altar e acender...
A lamparina tem suas vantagens, uma delas é que ela é mais durável que a vela.

E então? O que acharam?
Espero que tenha ficado fácil de entender como confeccionar a lamparina!
Façam e me contem como foi a experiência?!



Salve Maria Imaculada!



Próxima postagem da série “Em todo lar – um altar”:
Algumas sugestões relacionadas a lamparina.




3 comentários:

  1. Salve Maria Imaculada!

    Parabéns mais uma vez!!!!

    Vamos incentivar muita gente a fazer os seus altares em casa.

    É a melhor coisa que tem.

    Abraço em Cristo

    Rafael

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Rafael!
    Você é um grande incentivador, heim! rsrsrs

    Que a Virgem Maria nos conduza!

    ResponderExcluir
  3. Paz em Cristo!
    Tentarei postar imagens da lamparina feita com taças. Também fica muito bonito!

    Que Nossa Senhora nos guarde!

    ResponderExcluir

Salve Maria!
Muito obrigada pela disponibilidade em escrever-me seu comentário! Ele proporciona um feedback sobre as postagens e isso pode ser maravilhoso!
No entanto, peço que não escreva comentários ofensivos ou de duplo sentido e intenção. Eles podem não ser publicados! Penso que, ao visitar o blog, entenda o fim para o qual foi criado e deseje crescer na piedade e devoção.

"Não saia de nossa boca nenhuma palavra inconveniente, mas, boa para edificação, que comunique graça aos que a ouvirem" (Efésios 4,29).

"As palavras amáveis são favo de mel: doce ao paladar e força para os ossos" (Provérbios 16,24).

Contemplemos Jesus na escola de Maria!